Criança Engasgada, Como Fazer Primeiros Socorros

Criança Engasgada, Como Fazer Primeiros Socorros. Bom, você tem filhos? Então você deve saber que crianças pequenas adoram colocar objetos na boca, o que não é de forma alguma aconselhada. No entanto acontece em um passe de mágica.

O que precisamos acima de tudo é ficar atentos, pois um pedacinho de comida, uma cápsula de remédio, um objeto pequeno ou até mesmo uma bala podem ficar entalados em suas vias aéreas.

E esse é o problema, o engasgo ou obstrução de vias áereas por corpo estranho (balas, comidas, chicletes, etc) é o bloqueio da traquéia de uma pessoa por um objeto estranho, vômito, sangue ou outros fluidos. Engasgo é considerado uma emergência médica. Em casos severos, o engasgo pode levar a pessoa à morte por asfixia ou deixá-la semi-consciente ou inconsciente por um tempo.

A criança engasgará e poderá ficar sufocada. Em casos mais graves, a criança fica impossibilitada de respirar, o que pode ser fatal se não for socorrida imediatamente. Nessa situação, deve-se agir rápida e precisamente para evitar complicações. Em casos mais graves, deve-se chamar uma ambulância rapidamente, para uma intervenção médica de emergência. Na maioria dos casos, no entanto, aconselha-se proceder conforme abaixo:

• Se o bebê não consegue chorar nem tossir, as vias aéreas podem estar fechadas, e você vai precisar ajudá-lo a voltar a respirar. Ele pode estar fazendo ruídos estranhos ou abrindo a boca sem emitir nenhum som. A pele pode começar a ficar muito vermelha, azulada ou arroxeada.

• Se o bebê estiver tossindo ou com ânsia de vômito, é boa notícia: as vias aéreas não estão totalmente bloqueadas. Deixe seu filho tossir. Tossir é o método mais eficaz de desimpedir as vias aéreas.

• Não tente retirar o objeto com suas mãos, a menos que você consiga vê-lo ao abrir a boca da criança.

• Caso o bebê não consiga se desengasgar, grite e peça ajuda a alguém para levá-los ao pronto-socorro, e comece a fazer as tentativas de desengasgo (ver abaixo). Se estiver sozinha em casa com o bebê, tente desengasgá-lo por dois minutos e então telefone para alguém para pedir ajuda.

• Se seu filho parece estar engasgado mas você não viu se ele colocou alguma coisa na boca, e ele não estava comendo, leve-o ao hospital imediatamente. Ele pode estar com uma reação alérgica a algum alimento ou uma picada de inseto, por exemplo, ou com alguma infecção, como a laringite.

Criança Engasgada, Como Fazer Primeiros Socorros

Criança Engasgada, Como Fazer Primeiros Socorros
Criança Engasgada, Como Fazer Primeiros Socorros

A mãe deve pegar o bebê, apoiando no seu braço, segurando a boca ligeiramente aberta. Ela vai dar 5 tapas entre as escápulas com a cabeça mais baixa que o bumbum e aí ela volta e aperta entre os mamilos também 5 vezes. Deve-se repetir o procedimento até sair todo o líquido que ela engasgou.

Se não estiver saindo o choro e a criança está roxa, isso significa que ela está engasgada, tem obstrução total da via aérea e é necessário fazer as manobras imediatamente. Não se deve perder tempo saindo com a criança para levá-la a algum lugar.

Se você acha que seu filho está mesmo com alguma coisa presa na garganta, sente-se e o coloque de barriga para baixo sobre suas coxas, com a cabeça voltada para os seus joelhos. Segure-o por baixo, mantendo o antebraço sob a barriga dele e usando sua mão para sustentar a cabeça e o pescoço.

Criança Engasgada, Como Fazer Primeiros Socorros
Criança Engasgada, Como Fazer Primeiros Socorros

Deixe que a cabeça do bebê fique mais baixa que o resto do corpo. Com a outra mão, dê cinco tapas firmes, mas não com muita força, nas costas da criança, entre as omoplatas.

Em seguida, coloque essa mão livre na cabeça do bebê, com o antebraço sobre as costas dela, e vire-a devagar, ainda mantendo a cabeça mais baixa que o corpo, na mesma posição, no seu colo. Continue segurando, para dar início às compressões no peito.

Desmaio

Se o bebê desmaiar, será necessário fazer respiração boca-a-boca. Coloque-o sobre uma superfície firme e incline a cabeça dele para trás, erguendo um pouco o queixo, para abrir as vias aéreas.

Dependendo do tamanho do bebê e de quem faz a respiração, pode-se colocar a boca sobre o nariz e a boca do bebê ao mesmo tempo e soprar, ou então cobrir só a boca do bebê e tampar o nariz dele com as mãos.

Procure selar sua boca na dele para que o ar não escape, e sopre com vigor. O ideal é que você sinta o peito da criança inchar com o ar lançado para os pulmões dela. Deixe o peito voltar à posição normal e sopre de novo. Mesmo que o peito do bebê não se encha, continue fazendo a respiração.

Boa Sorte…

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *