Receita Federal – Juiz de Fora – Endereço e Telefone

Receita Federal – Juiz de Fora – Endereço e Telefone. Juiz de Fora está oficialmente subdividida em quatro distritos, sendo eles Juiz de Fora, Rosário de Minas, Torreões e Sarandira. As principais atividades industriais do município são a fabricação de alimentos e bebidas, produtos têxteis, artigos de vestuário, produtos de metal, metalurgia, mobiliário, montagem de veículos e outros. Você encontrará o endereço da Receita Federal aqui nesse artigo.

O que fazemos é tão somente facilitar a vida do usuário ou contribuinte. Isso porque telefones, endereços de órgãos públicos, nem sempre são fáceis de serem localizados na web – Abaixo o Endereço.

Sobre a Cidade

Nos dados do IBGE de 2005 o município possuía R$ 7 140 251,434 mil no seu Produto Interno Bruto. Desse total 883 208 mil são de impostos sobre produtos líquidos de subsídios. O PIB per capita é de R$ 13 715,11.

Dos 5 565 municípios brasileiros, Juiz de Fora ocupa a 19ª colocação no ranking das mais promissoras cidades para se construir uma carreira profissional, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, publicada na revista Você S.A.

Receita Federal – Juiz de Fora – Endereço e Telefone

A Receita Federal vem sempre propor medidas de aperfeiçoamento e regulamentação e a consolidação da legislação tributária federa, além de interpretar e aplicar a legislação tributária, aduaneira, de custeio previdenciário e correlata, editando os atos normativos e as instruções necessárias à sua execução.

DELEGACIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL EM JUIZ DE FORA – 6ª R.F. Titular: MARCUS VINICIUS DADALTI BARROSO Logradouro: AV. BARÃO DO RIO BRANCO Nº 372 Bairro: MANOEL HONORIO Cidade: JUIZ DE FORA Estado: MG CEP: 36045-120 Telefone: (32) 3249-5000 FAX: (32) 3249-5157

Até Mais…

2 thoughts on “Receita Federal – Juiz de Fora – Endereço e Telefone

  1. ola gostaria de saber como fasso para resolver uma cituaçao de declaraçao de emposto de renda ,tenho que marca horario

  2. Gostaria de saber como agendo ida à Receita para tratar desse assunto: minha filha era sócia de determinada empresa, saiu da mesma e depois trabalhou por determinado período em outro local e, ao sair, deu entrada e recebeu as parcelas do seguro desemprego. Porém, a Receita está cobrando dela o montante recebido do seguro desemprego, alegando que, à época, ela ainda fazia parte da empresa. Só que nessa época ela já não fazia parte mais da empresa. Como devo proceder? Posso agendar ou ela terá que ir lá pessoalmente? O que ela deve levar para provar sua situação à época? Posso representá-la por procuração específica?
    Obrigada!
    Irani

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *